A chegada do 5G e seu impacto para o Rádio - Pulsar Multimedia
A Pulsar sempre acreditou na ideia do uso de transmissores para propagação do conteúdo multimídia no Rádio e, por isso, tem incentivado as Rádios a produzirem conteúdo multimídia.
Rádio e 5G
21797
single,single-post,postid-21797,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-7.7,wpb-js-composer js-comp-ver-4.11.2,vc_responsive
 
Evolucao para 5G

23 jul A chegada do 5G e seu impacto para o Rádio

A implementação da nova geração de redes móveis representará uma grande revolução para o Rádio. Com a chegada do 5G, muitos dos recursos utilizados pelas emissoras serão otimizados notavelmente.

Com velocidade de download de até 10 Gigabytes por segundo e latência mínima de até 1 milissegundo, o 5G aumentará o poder de alcance e de qualidade que o conteúdo multimídia já tem nos meios de comunicação. Nesse cenário, o Rádio ganhará ainda mais audiência.

A Pulsar sempre acreditou na ideia do uso de transmissores para propagação do conteúdo multimídia no Rádio e, por isso, tem incentivado as Rádios a produzirem conteúdo multimídia.

Para que essa ideia se materialize, já existem empresas e projetos focados no estudo dessa tecnologia, como por exemplo, o projeto alemão 5G TODAY, desenvolvido pelo Instituto de Tecnologia de Transmissões. Com o objetivo de ampliar o alcance e a força das transmissões 5G, duas torres transmissoras de alta potência foram instaladas na região da Bavária, permitindo a realização de testes com a nova rede móvel. O projeto conta com empresas parceiras das áreas de comunicação, rádio e televisão.

Para o Rádio, a transmissão 5G em larga escala representará uma nova forma de produção e de consumo de conteúdo multimídia. Este conteúdo alcançará os dispositivos dos usuários via rede, sem que o provedor de dados do celular esteja envolvido diretamente com o processo. Essa capacidade transformará seus hábitos, já que eles não terão que se preocupar com um uso intenso e custoso dos seus dados móveis, possibilitando um acesso econômico ao conteúdo multimídia onde quer que eles estejam. Seria, grosso modo, a recepção de conteúdo multimídia da mesma forma como ocorre nos receptores FM em aparelhos Android. Porém, sem a necessidade de hardware adicional e compatível com todos dispositivos móveis 5G do mercado independentemente do fabricante. Isto é, não precisaremos mais “brigar” com a Apple para colocar receptor de FM em seus dispositivos, já que o recebimento de dados multimídia passaria a ser transparente na plataforma 5G TODAY.

Para relembramos a trajetória das redes móveis e entendermos o potencial do 5G, considerando os costumes da sociedade, abaixo estão alguns dos recursos mais valiosos que elas trouxeram para o rádio:
1G – Sinais de rádio analógicos
2G– Mensagens de texto SMS
3G – Entrada da internet móvel
4G – Melhoria nas vídeochamadas e no streaming.
5G – Downloads 20x mais rápidos (até 10Gb/s), latência 10x menor (1ms) e com custo de taxa por bits menor do que o 4G.

 

Abaixo está o vídeo que a Pulsar criou, já em 2016, sobre a ideia do uso de transmissores para propagação do conteúdo multimídia no Rádio:

Nos vemos nos próximos posts!

No Comments

Post A Comment